Vestido longo estampado: como usar – dicas e truques

0

vestido-longo-estampado-01

O vestido longo estampado é uma peça coringa no guarda-roupa feminino. Ele traz frescor, elegância e estilo as produções e pode ser usado de diversas maneiras!

Recebi o lindo vestido longo estampado que você vai ver por aqui hoje da assessoria da marca Presidium, uma empresa capixaba que há mais de 15 anos está presente no mercado. O vestido faz parte da coleção de verão, a Simple Life. <3

Em parceria com o fotógrafo Italo Silva, fizemos lindas imagens com vários truques que versatilizam o vestido longo estampado. Neste post você vai perceber que o vestido pode ser uma peça que te dá várias possibilidades de uso.

Até algum tempo atrás, eu achava que não era possível fazer muitas variações com o vestido longo estampado (ou qualquer outro vestido). Ledo engano! Com o tempo, estudo e observação, percebi que é possível sim!

Por este motivo, aproveitei que ia fotografar este vestido longo estampado e resolvi levar uma outra peça para fazer variações nos looks. E olha que levei somente uma peça! Nas fotos você vai poder ver e ao final do post vou dar mais dicas.


Vestido longo estampado: looks

O vestido longo estampado da Presidium tem uma estampa que é a cara do verão e em com um detalhe que está em alta: a abertura nas laterais. A modelagem é ampla, confortável e na minha humilde opinião é perfeita para quem tem quadril largo: o modelo solto não evidencia as curvas e o recorte que ele faz na parte de cima tira a atenção da parte de baixo do corpo.

vestido-longo-estampado-02

Ele é lindo por si só, mas como prometido, vou te dar mais algumas opções de uso do vestido longo estampado. Peguei uma camisa jeans que tenho e montei mais duas produções com a mesma peça.

Vestido longo estampado: com camisa jeans aberta

A primeira é utilizar a camisa jeans aberta por cima do vestido longo estampado, ela terá a função de proteger os braços de um ventinho e de alongar o visual. Veja como a camisa aberta cria uma linha vertical no tronco, isso dá a aparência de ser você ser mais alta.

Outra observação a ser feita é que deixar a parte mais fina dos braços aparecendo dá a impressão que você é mais magra. Ô beleza! Rs

*Clique na imagem para ampliar


Vestido longo estampado: com camisa jeans fechada

Já a segunda é fazer o vestido longo estampado virar saia! Para isto, é só fechar a camisa jeans e dar um nó nas pontas. Este truque dá uma bela acinturada.

Outra opção é ao invés de dar um nó na camisa jeans, arrematar com um cinto largo.


Vestido longo estampado: dicas

Ter um vestido longo estampado de boa qualidade é essencial para poder variar no visual. Além da qualidade, sua durabilidade é maior e geralmente os tecidos são mais nobres.

Para curtir o verão sem “morrer” de calor, invista em peças de tecidos naturais (algodão, linho, seda) ou a viscose. Apesar da viscose ser um tecido sintético, ela é leve e deixa o corpo respirar.

Fui com este vestido longo estampado em duas festas no mesmo dia: um aniversário de criança e em um casamento. Ele se adequou completamente para os dois ambientes, o truque é usar os acessórios certos.

Para passear, o vestido longo estampado é perfeito! É só trocar as sandálias por outros calçados confortáveis. Para as fotos, utilizei avarcas.

vestido-longo-estampado-07

Para o post de hoje, coloquei a camisa jeans como um item que você pode versatilizar o vestido longo estampado, mas você pode optar por colete jeans, parka militar, blazer… existe uma infinidade de possibilidades!


E aí, gostou do vestido longo estampado e das dicas de hoje?

Presidium e Italo Silva, obrigada pela parceria e confiança!

Beijos, fique com Deus!

Previous articleSapatos confortáveis: opções e looks para curtir o feriado
Next articleAniversário do blog da Liliane Fundão #ano1
<p>Evangélica, esposa, advogada e grande entusiasta em descobrir e compartilhar novidades!</p> <p>Desde pequena estive envolvida em meio a tecidos e revistas, pois minha mãe trabalhava em uma loja especializada do ramo. Brinquei de comidinha, casinha, de costurar roupas para minhas bonecas. Brinquei também de queimada, futebol, pique-esconde… talvez por crescer fazendo tantas coisas, veio também meu desejo de falar sobre os mais diversos assuntos.</p> <p>Amante do “Faça Você Mesmo” ou “DIY” desde criança, quando cheguei a época da escolha do curso, quis fazer moda. Mas minha mãe disse que isso não era curso “para gente pobre”, então após diversas conversas com familiares, decidi fazer o curso de Direito.</p> <p>Formei (e amo o meu curso!), mas o desejo e gosto por moda, beleza, variedades e minha vontade em compartilhar informações falou mais alto!</p>

Comenta aí, vai!