Esmalte: Cinza Incerto! da Risqué

0

esmalte-cinza-incerto-risque-01

A linha de esmaltes hipoarlergênicos da Risqué é de se apaixonar! Prova disto é o esmalte lindo de hoje, o cinza incerto!.

Já contei a minha experiência no último post de esmaltes sobre onde comprei este e outros esmaltes e o meu amor por esta linha.

O cinza incerto! é um esmalte bem especial para mim! A primeira vez que o usei foi na sessão de fotos que fiz com o Italo Silva para a abertura do blog… Me marcou muito! As fotos fizeram parte do “divisor de águas” entre o blog antigo e este, então toda vez que eu o ver (ou passar, rs), irei me lembrar deste momento tão especial em minha vida! <3

esmalte-cinza-incerto-risque-02

Esmalte Cinza Incerto! da Risqué

Creio que o nome do esmalte cinza incerto! realmente faz jus! É um tom de cinza metálico, entretanto a minha amiga achou que ele era marrom! Apesar de ser metálico, o cinza incerto! é bem discreto, achei a cor muito chique!

Para o efeito que você está vendo na foto, utilizei uma camada de base fortalecedora de unhas, duas demãos do cinza incerto! e para finalizar, uma camada de extra brilho.

Quanto a durabilidade, vou fazer conforme o post anterior! No próximo post de esmalte, conto como o cinza incerto! se comportou! 😉

E falando nisso…

Durabilidade do esmalte maça do amor da Risqué

Fiz as unhas em uma segunda-feira feira a noite. Na quarta-feira algumas unhas deram pequenas lascadas, mas elas eram mínimas mesmo! Somente no sábado o esmalte começou a lascar de verdade. No domingo retirei o esmalte.

Minha opinião: amei! Como eu tive que ver como o maça do amor se comportava, não fiz retoques, mas se tivesse feito duraria muito mais! Foi quase 1 semana inteira de esmalte nas unhas! Um verdadeiro milagre!


E aí, gostou do esmalte de hoje? Existe algum esmalte que fez parte de algum momento especial de sua vida?

Beijos, fique com Deus!

Previous articleModa evangélica: o que é?
Next articleLook: Estampa de onça e vermelho
<p>Evangélica, esposa, advogada e grande entusiasta em descobrir e compartilhar novidades!</p> <p>Desde pequena estive envolvida em meio a tecidos e revistas, pois minha mãe trabalhava em uma loja especializada do ramo. Brinquei de comidinha, casinha, de costurar roupas para minhas bonecas. Brinquei também de queimada, futebol, pique-esconde… talvez por crescer fazendo tantas coisas, veio também meu desejo de falar sobre os mais diversos assuntos.</p> <p>Amante do “Faça Você Mesmo” ou “DIY” desde criança, quando cheguei a época da escolha do curso, quis fazer moda. Mas minha mãe disse que isso não era curso “para gente pobre”, então após diversas conversas com familiares, decidi fazer o curso de Direito.</p> <p>Formei (e amo o meu curso!), mas o desejo e gosto por moda, beleza, variedades e minha vontade em compartilhar informações falou mais alto!</p>

Comenta aí, vai!