Encontro das Pretas: o que vi e aprendi!

6

encontro-das-pretas-42

No último domingo tive o prazer de participar de um evento idealizado pela blogueira Priscila Gama do Ziriguidum Vitória, juntamente com a Clarissa Rody, intitulado como o Encontro das Pretas.

O Encontro das Pretas foi realizado no Clube de Pesca de Santo Antônio e contou com a presença de 400 mulheres negras, lá elas puderam participar de palestras e workshops sobre os mais variados assuntos.

Infelizmente eu perdi o workshop de turbantes, estava louca para aprender a fazer aquelas amarrações maravilhosas!

Várias empresas apoiaram o projeto, disponibilizando produtos para sorteio e brindes para as participantes. Isto é muito importante! O país tem uma enorme miscigenação de raças e a população em sua grande maioria tem alguma raiz africana.

É muito bom e gratificante ver que as empresas estão abrindo os olhos quanto a disponibilização de produtos específicos para a população negra. Este público consome (e muito!), logo, quer e necessita de comprar itens que satisfaçam seus desejos e necessidades.

*Clique na imagem para ampliar

Mas mais importante que aprender a amarrações de turbantes, fazer penteados ou aula de maquiagem, no Encontro das Pretas elas puderam aprender a se amar, a ratificar a beleza que elas tem!


Encontro das Pretas: experiências de vida

*Clique na imagem para ampliar

Eram 400 mulheres lindas… tão lindas! Cada beleza era única, tudo exalava a beleza e autoconfiança delas! O seu amor às raízes, o respeito pelos seus ancestrais que tanto contribuíram para a construção do nosso Brasil.

Lá eu também pude aprender a me amar mais e confirmar a beleza que tenho! Muitas histórias foram contadas, muitas experiências divididas.

Mulheres que em sua maioria eram impelidas em sua infância a alisarem os cabelos, a deixar de lado a sua essência. Me vi naquela situação! Mas também havia mulheres que quando crianças eram incentivadas a se amarem, a se aceitarem! Mães que (como a linda mãe da Priscila Gama) faziam de tudo (até pintar o cabelo para se parecer com a filha) para que elas pudessem ter uma referência.

A blogueira Márcia do Papo Batom contou sua história de vida e de transição com os cachos. Achei lindo saber que o próprio marido a incentivou a se aceitar, a se amar do jeito que ela é! E hoje ela está aí, maravilhosa e causando com suas lindas madeixas! <3

Estas foram somente algumas das experiências contadas, se fosse para eu descrever todas, o post não terminaria tão cedo!


Encontro das Pretas: o que pude relembrar e reaprender com a minha experiência

Meus bisavós por parte de mãe são negros. Sou branca dos olhos claros (puxei a família do meu pai), mas meus cabelos, boca e quadril não negam a raça! Tenho SIM minhas raízes africanas.

Por anos quis esconder isso… quando criança fui rechaçada  por conta dos meus cabelos, do meu nariz, da minha orelha… na adolescência quis relaxar os cabelos, não os queria! Minha mãe brigou muito comigo, mas sabe como adolescente é, né?

Por anos e anos relaxei os cabelos, passei por várias mudanças capilares, até que no ano de 2009 resolvi alisar de vez. Comecei a fazer escova progressiva e abandonei de vez os cachos. E amei o que vi, não posso negar! Amei a “praticidade” que era ter cabelos alisados.

Minha amiga da faculdade, a Mirtes (beijos minha linda!) vivia me falando: Lili, seus cachos SÃO tão lindos! Depois que eu alisei de vez ela disse: Lili, por que você fez isto? Seus cachos ERAM tão lindos!

O tempo passou, formei, casei… e então fui preparando o meu marido, que queria voltar a ter meus cachos… comecei a pensar o seguinte: a bíblia fala no livro de Gênesis, capítulo 1, versículo 27 o seguinte:

Deus, portanto, criou os seres humanos à sua imagem, à imagem de Deus os criou: macho e fêmea os criou.

Ele, quando criou o mundo, nos fez a Sua imagem e semelhança! Somos únicos! Ele nos escolheu desde o ventre da nossa mãe, conforme o livro de Gálatas, capítulo 1, versículo 15:

Todavia, Deus me separou desde o ventre de minha mãe e me chamou por sua graça.

Se Ele me fez à Sua imagem e semelhança e me escolheu desde o ventre da minha (linda) mãe… então Ele quis que eu fosse do jeito que sou!

Com meus cabelos cacheados, nariz, orelhas e quadril grandes. Simples assim! Ele me criou assim e me acha lindo do jeito que sou! Quer coisa melhor do que isso?

Além deste fato, outro começou a me incomodar: estava cansada de fazer escova toda semana, estava cansada de fugir da chuva, estava cansada de ter que me preocupar com meus cabelos… ao invés de me sentir liberta como no início, estava me sentindo prisioneira das minhas madeixas!

Com esta consciência, resolvi voltar aos cachos. Em 2013, após meses sem passar nada nos cabelos e ter feito um bom corte para tirar a química, passei a tesoura de vez, os deixando bem curtos! Apesar de ter preparado o marido, ele não gostou mesmo do que viu!

Não vou negar que me senti feia… anos e anos cultivando aquela cabeleira lisa, de repente cortar bem curto e após alguns meses cortar de vez? Isto mexeu muito comigo!

Creio também que boa parte desta sensação ruim foi em função de comentários que ouvi: “Você era tão bonita de cabelos lisos, agora está feia!” ou então: “Está com cara de pobre!” ou: “Você é doida!”. Estes foram somente alguns dos comentários (que eu considero maldosos) que ouvi.

Sofri… sofri com a transição… não é fácil! Após anos lisos, os cabelos precisam se acostumar… foi muita hidratação, muito secador e babyliss. Mas após a tempestade, vem a bonança! Meus cabelos não voltaram ao que era, mas gosto muito de como eles estão hoje!

Posso dizer que nunca me senti tão bonita… sou assim! Deus me fez assim! Depois da aceitação dos meus cabelos, me aceitei por inteira! Já não quero mais fazer plástica no meu nariz ou nas orelhas… quero ser feliz como sou! Ah, é claro que o quadril eu tento disfarçar com as roupas, rs!


Encontro das Pretas: a feira

encontro-das-pretas-01

Mas nem só de vivências o evento foi pautado! Em anexo ao Encontro das Pretas, aconteceu a Feira das Pretas. Esta parte foi aberta ao público e os expositores em sua grande maioria era pessoas negras com produtos específicos para as pretas lindas.

Eram roupas, muitos acessórios, sapatos, produtos para os cabelos, maquiagem, bonecas… uma infinidade de itens! Eu simplesmente fiquei extasiada com tudo que vi! Muitas cores, estampas, formas… um paraíso!

Tirei fotos da feira e vou mostrar para você algumas lojas que estavam expondo seu trabalho na feira do Encontro das Pretas. É de babar!

Atelier Pretinha e Gip.Me

encontro-das-pretas-16

O Atelier Pretinha e a Gip.Me dividiram um dos espaços. As roupas maravilhosas da Pretinha (tinha uma saia muuuuiiitooo antiga e me desfiz tem pouco tempo) e os acessórios com pegada boho, as wayuu bags, e as maquiagens importadas da Gip.Me fizeram sucesso.

Boutique de Krioula

encontro-das-pretas-14

A Boutique de Krioula esteve presente e levou suas peças maravilhosas para a Feira das Pretas. Olha só que estampa linda a do vestido! <3

Aproveite que a Boutique de Krioula tem loja online e se joga!

Dress Coração

encontro-das-pretas-15

A Looana tem um blog no Tumblr, tem canal no YouTube, é dona da Dress Coração… quantos adjetivos e que mulher linda! Nos ensinou muito durante uma das palestras sobre empoderamento. Ela contou um pouco sobre a sua experiência no mundo da moda e o papel da mulher negra nesta área. Amei!

Era Uma Vez o Mundo

*Clique na imagem para ampliar

Já está ficando redundante as minhas palavras, mas amei a Era Uma Vez o Mundo! São bonecas artesanais criadas com carinho para as pequenas meninas. Brinquedos afirmativos, já que quase não existem no mercado produtos voltados para as meninas negras. Desde criança ela aprende a se amar e valorizar. Fiquei doida para levar uma para casa, mas me lembrei que já sou grandinha, rs! <3

Ervas Naturais

encontro-das-pretas-29

A empresa Ervas Naturais expôs na feira do Encontro das Pretas a linha Fios & Cachos. Tenho o ativador de cachos da linha e amo (em breve terá resenha e depois vídeo!)! Recomendo e muito os produtos da Ervas! Já usei a linha para cabelos loiros ou tingidos e é maravilhosa.

Krysla Professional

encontro-das-pretas-13

O pessoal da Krysla Professional foram uns fofos, em especial o Rafael, que atendeu eu e a Márcia muitíssimo bem, falando de vários produtos da empresa. Recebi para testar um creme de pentear da linha Cupuaçu Manteiga Line tamanho viagem. Em breve conto o que eu achei dele para você! 😉

Negrif ES

*Clique na imagem para ampliar

A Negrif ES é uma marca idealizada para mulheres negras que amam e valorizam sua ancestralidade. As estampas, cores e formatos das peças foram pensados exclusivamente para este público. Mas é claro que nós, amantes deste estilo podemos e devemos consumir também! A marca é capixaba e administrada pela Val Andrelino, então vale muito a pena visitar e consumir as peças! <3

O Alquimista de Chad

encontro-das-pretas-37

Desde que a Priscila Gama fez uma resenha dos produtos da O Alquimista de Chad em seu blog, fiquei maluca para ver a marca e provar as pomadas para os cabelos e que tem outras diversas funções! Todos os produtos são orgânicos, nada melhor do que isso, não é?

Pimenta Cravo

encontro-das-pretas-11

A Pimenta Cravo tem vários produtos específicos para cabelos cacheados e afro. Gostei muito da linha de cauterização afro, a Ananda (moça que nos atendeu) explicou que esta linha é perfeita para cabelos afro que sofreram qualquer tipo de química (tintura, luzes, relaxamento, etc.). a descrição do site diz o seguinte sobre esta linha:

Primeiro sistema de cauterização térmica desenvolvido especialmente para cabelos cacheados. A inovação desse sistema, está na utilização da super potente máscara térmica cauterizadora que auto aquece para promover a absorção e blindagem dos aminoácidos junto aos fios cacheados, para proporcionar uma nutrição altamente reparadora. Auxilia também na transição capilar.

 A Pimenta Cravo tem loja online e entrega para todo o Brasil, clique aqui para conferir todos os produtos.

Quixotesca

*Clique na imagem para ampliar

A Quixotesca esteve presente com acessórios maravilhosos que me fizeram babar!

Santinha Acessórios

*Clique na imagem para ampliar

Mais uma loja que amo e babo! Acompanho a Santinha Acessórios há tempos no Instagram e só vejo peças lindas que dão um up em qualquer produção. Quero muito ir fazer uma visita ao atelier!

Universo Colorido

*Clique na imagem para ampliar

Sou meio suspeita para falar da Universo Colorido! Também acompanho a loja há tempos no Instagram e babo com todos os looks! Amo e quero a cada dia mais valorizar as marcas capixabas, valorizar o que é da minha terra! O mais legal nisso é que as peças são praticamente únicas, o trabalho é mais pensado e elaborado para satisfazer os clientes. É a onda do slow fashion que quero aderir como um estilo de vida!

Xongani

*Clique na imagem para ampliar

Amo nomes que tem significados! Vamos ficar bonitas com a Xongani, que marcou presença na feira do Encontro das Pretas com roupas e acessórios maravilhosos!


encontro-das-pretas-41

Priscila, só tenho que agradecer a você e a Clarissa pela maravilhosa oportunidade que me concederam ao me convidar para o Encontro das Pretas. Muito obrigada mesmo!

Me emocionei ao ver as meninas emocionadas, foi realmente uma sensação indescritível que eu senti ontem!

Estava tudo perfeito! Só desejo ainda mais sucesso para vocês e que continuem com esta garra e força para falar para e sobre estas tão lindas! Que Deus abençoe vocês!

E aí, gostou do post? Uma lição de vida, não é?

Beijos, fique com Deus!

  1. Gente que post lindo e cheio de conteúdo! adorei! me senti la na feira também!
    E Ah, adorei sua história, temos todos sangue negro, o que muda são apenas os genes dominantes que nos fazem ser brancas ou ter um cabelo liso! ta de parabéns por ter assumido seus cachos, acho eles lindos e chiquérrimos!

    bjo bjoo :***

  2. Nossa! Agora eu me achei Ana! Se sentiu lá no evento, que mara! Rs
    Com certeza! Aceitar quem somos já facilita muita coisa na vida!
    Obrigada! Isso me dá forças para continuar com as molinhas! Rs
    Beijos! <3

Comenta aí, vai!